VEJA VÍDEO DO HACKER: Voto auditável; “É fácil invadir de novo” o sistema do TSE

A entrevista do hacker desmonta a narrativa contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 135/2019, que trata do voto impresso auditável, que tramita no Congresso Nacional

A equipe do deputado federal Filipe Barros (PSL-PR), relator da PEC do voto auditável, entrevistou na prisão o Hacker Marcos Roberto Correia da Silva, Conhecido como “VANDATHEGOD”, preso por invadir o sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em 2020.

VEJA O VÍDEO:

“É fácil invadir de novo”

Vandathegod detalha como foi possível manipular de maneira simples o sistema.

“A falha veio em cima da aplicação web do site mesmo, a manipulação foi no banco de dados dele – do site -“, afirmou Marcos.

Segundo ele, a manipulação das tabelas poderia ter sido feita antes mesmo da eleição ocorrer, pois os invasores já tinham acesso aos servidores do TSE.

Após a entrevista, a equipe do deputado Filipe Barros pediu ao ministro da Justiça, Anderson Torres e ao o Secretário de Estado de Segurança Pública de Minas Gerais, Rogério Greco, a proteção especial ao hacker. Greco, já informou que as providências tomadas para preservação da vida e integridade de Marcos Roberto já estão sendo tomadas.

Siga a nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/acmnoticiasmg

Siga o nosso Instagram e fique por dentro das novidades: https://www.instagram.com/acmnoticias/

 

*Com informações TercaLivre

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )