Prefeito do Guarujá é preso pela PF suspeito de desvios na Saúde

Prefeito do Guarujá é preso pela PF suspeito de desvios na Saúde

O secretário de Educação também foi levado sob custódia

O prefeito do Guarujá, Valter Suman (PSDB), foi preso na noite desta quarta-feira (15) pela Polícia Federal, suspeito de desviar recursos da rede pública de saúde.

Segundo a investigação, Suman teria se apropriado de verbas enviadas pelo governo federal para o Sistema Único de Saúde da cidade.

De acordo com o Ministério Público, há suspeita de irregularidades em um contrato entre e a prefeitura e a Organização Social Pró-Vida, que administra um hospital e mais 15 Unidades de Saúde da Família na região.

Batizada de Operação Nadar, a ação também cumpriu mais de 10 mandados de busca e apreensão na casa de servidores do município e pessoas relacionadas a Suman, incluindo o secretário de Educação, Marcelo Feliciano Nicolau.

Tanto na casa do prefeito quanto do secretário, a Polícia Federal encontrou grandes quantias de dinheiro.

Os dois foram levados para prestar depoimento e, em seguida, encaminhados ao Centro de Detenção Provisória de São Vicente.

Eles devem passar por uma audiência de custódio nesta quinta-feira (16).

Em nota, a prefeitura afirmou que o contrato em questão sofreu intervenção do próprio prefeito por suspeita de irregularidades.

A Prefeitura reforça que os contratos em questão sofreram intervenção municipal decretada pelo prefeito Valter Suman, baseada em suspeitas de irregularidades e má gestão por parte da OS, que iam desde o não pagamento de salários, verbas rescisórias e fornecedores até falhas nas prestações de contas e perigo de desassistência ao público – afirma a nota.

 

Siga a nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/acmnoticiasmg

Siga o nosso Instagram e fique por dentro das novidades: https://www.instagram.com/acmnoticias/

 

Por plenonews

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )