“Onda Vermelha”: cada município determina o que fecha e o que abre

“Onda Vermelha”: cada município determina o que fecha e o que abre

Os municípios terão regras distintas mesmo estando na mesma fase do programa Minas Consciente, segundo informou o Governo de Minas na quinta-feira (3)

“Onda Vermelha” terá critérios diferentes. 

A partir de agora, a situação epidemiológica da Covid-19 será analisada em cada município para determinar o que fecha e o que abre. Isso significa que, apesar de estarem na mesma fase do programa Minas Consciente, cada cidade terá regras distintas do funcionamento do comércio.

Os territórios em onda vermelha passam por uma análise ainda mais minuciosa nos quesitos “Incidência” e “Espera por Atendimento”. O Estado explicou que irá observar dois indicadores para definir em que categoria as localidades se enquadram.

A combinação desses dois indicativos resulta no “Cenário Epidemiológico e Assistencial Desfavorável”, no qual passam a vigorar as seguintes restrições:

  • Proibição de eventos e de atrativos culturais e naturais;
  • Proibição de atividades em academias, clubes e salões de beleza;
  • Alimentação em bares e restaurantes limitada até às 19horas (após este horário, apenas por entrega – delivery, proibida a retirada em balcão).

 

LEIA MAIS: Conheça as novas restrições impostas pelo governo de Minas

 

Ondas

O estado tem, atualmente, 11 macrorregiões na onda vermelha e três na amarela, fase intermediária do Minas Consciente, plano criado para a retomada gradual e segura das atividades econômicas.

“Esta gradação dentro da onda vermelha é importante, pois estamos em um momento heterogêneo da pandemia no Estado, com cenários diferentes, porém críticos. Dentro destas diferenças, ressaltamos a necessidade de medidas mais restritivas, ainda, para evitar o estresse do sistema de saúde”, explicou o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.

 

Siga a nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/acmnoticiasmg

Siga o nosso Instagram e fique por dentro das novidades: https://www.instagram.com/acmnoticias/

 

Por Aloísio Moreira

Com informações Agência Minas

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus (0 )