EUA: Senadores acusam Big Techs de censurar informações sobre origens da Covid-19

EUA: Senadores acusam Big Techs de censurar informações sobre origens da Covid-19

Em coletiva de imprensa na última quinta-feira (10) senadores americanos acusaram as Big Techs de encobrir e censurar o debate sobre as possíveis origens da Covid-19

Os republicanos Marsha Blackburn, Roger Marshall, Mike Braun, Ron Johnson e Roger Wicker afirmaram que Twitter, Facebook e Youtube, em conluio com o médico conselheiro da Casa Branca, Anthony Fauci, ajudaram a limitar debates sobre o possível vazamento do vírus de um laboratório na China.

“É uma ameaça séria à liberdade e à troca de ideias prevista em nossa Constituição”, argumentou o senador Roger Wicker. “

O Twitter passou a censurar qualquer cobertura sobre o coronavírus que eles pensassem que poderia causar ‘pânico generalizado’. Como uma plataforma de internet poderosa e com muitos recursos pode tomar essa decisão?”, perguntou.

Wicker apresentou uma lei na quinta-feira para impedir que as empresas controlem o discurso online, incluindo a proibição de que as redes sociais tomem medidas contra usuários com base em motivos étnicos, partidários, raciais, religiosos ou sexuais.

“Essas grandes plataformas de tecnologia da Internet não podem discriminar com base em suas próprias opiniões e com base no que eles acham que o público deve ou não ter permissão para ouvir”, afirmou o senador Wiker.

No mês passado, a Casa Branca ordenou que as agências americanas conduzissem uma revisão de 90 dias das origens, mas a senadora Marsha Blackburn argumenta que os comitês do Senado deveriam assumir a liderança desse processo. “É nosso trabalho descobrir o que aconteceu”, disse ela.

Blackburn também quer tornar mais fácil para os americanos processar a China por causa da pandemia e conferir às agências federais, especificamente o Centro de Controle de Doenças (CDC) e o FDA (Food and Drug Administration, equivalente à Anvisa no Brasil) uma presença mais forte no país.

A senadora também apoia o afastamento de Anthony Fauci do cargo de diretor do Instituto Nacional de Alergia e Doenças Infecciosas (NIAID).

“Acho apropriado que o Dr. Fauci se afaste de suas responsabilidades no NIAID e se coloque à disposição do Congresso para descobrir exatamente como ele estava em conluio com Mark Zuckerberg e as Big Techs. O que aconteceu? O povo americano ouviu alguma verdade, mas não toda a verdade?”, questionou.

 

Siga a nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/acmnoticiasmg

Siga o nosso Instagram e fique por dentro das novidades: https://www.instagram.com/acmnoticias/

 

Por Bruna de Pieri

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )