Covid-19: Facebook é acusado por Biden de ‘matar gente’; rede social rebateu os ataques

Covid-19: Facebook é acusado por Biden de ‘matar gente’; rede social rebateu os ataques

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, subiu o tom contra o Facebook.

Segundo o democrata, a plataforma permite o fluxo de desinformação sobre a covid-19 e as vacinas contra o coronavírus.

“Estão matando pessoas”, declarou Biden, em entrevista coletiva, na sexta-feira 16.

“A única pandemia que temos é entre aqueles que não foram vacinados”, acrescentou, ao exigir que a plataforma atue com mais firmeza nesse assunto.

Mais tarde, a porta-voz da Casa Branca, Jean Psaki, disse que o Facebook “precisa ser mais rápido para remover mensagens perigosas”.

 “Há cerca de 12 pessoas produzindo 65% da desinformação contra vacinas nas redes sociais. Todas permanecem ativas no Facebook, embora algumas tenham até sido proibidas em outras plataformas”, afirmou Psaki.

As falas dão sinal de que o relacionamento entre Biden e seu aliado não vão bem.

O Facebook rebateu os ataques do Poder Executivo

Segundo a empresa, mais de 2 bilhões de pessoas tiveram acesso nessa rede social a informações autorizadas sobre a Covid e as vacinas, muito mais do que em qualquer outro site.

“Não irão nos distrair as acusações que não forem respaldadas por fatos”, respondeu o porta-voz do Facebook, em entrevista à agência de notícias Associated Press, no dia das declarações de Biden.

 

Siga a nossa página do Facebook: https://www.facebook.com/acmnoticiasmg

Siga o nosso Instagram e fique por dentro das novidades: https://www.instagram.com/acmnoticias/

 

Por Terra Brasil Notícias

CATEGORIAS
TAGS
Compartilhar Esse

COMENTÁRIOS

Wordpress (0)
Disqus ( )